Bastidores

25/05/2018 as 10:22

Cofre vazio

O empreiteiro João Amorim, que detinha a exclusividade das obras no governo André Puccinelli (mesmo quando não vencia as licitações, como no Aquário do Pantanal), vai continuar na cadeia. O ministro Dias Toffoli, do STF, negou pedido de habeas corpus ao dono da Proteco. Ruim para Puccinelli, que vê diminuírem as chances de outro guapo operador, o ex-deputado Edson Giroto, de sair da cadeia em tempo de passar a sacolinha estado afora.

24/05/2018 as 09:19

Migalhas

Geraldo Resende vai ter que se contentar em sair candidato à reeleição para a Câmara Federal e Murilo Zauith a vice-governador, de Reinaldo Azambuja. É o que sobrou para Dourados no projeto tucano para as eleições deste ano. Além da preferência já declarada de Azambuja pelo nome de seu ex-secretário de obras Marcelo Migliolli, para o Senado, e do compromisso com o ex-pefeito da capital, Nelsinho Trad, há a aliança branca com Zeca do PT. É velha política do pirulito.

23/05/2018 as 08:35

Fumacê

Acostumados a produzir “fumaça”, ou seja, muito pouco pelo tanto que têm de mordomias, alguns deputados estaduais podem agora ser vítimas de uma fumaça bem mais perigosa, preta, mesmo, dessas de tontear e até matar. É a fumaça saída das chaminés das mansões da máfia do cigarro. Com a prisão de policiais envolvidos no esquema, só com outro tipo de fumaça – a dos incensos – para espantar os maus espíritos que rondam o Parque dos Poderes.

22/05/2018 as 05:57

Casal suplente

Sai Zonir Tetila, suplente de Pedro Chaves, que era suplente de Delcídio do Amaral, entra o marido, Laerte Tetila. Conforme antecipado aqui, o ex-prefeito petista aceitou compor chapa como suplente de Zeca do PT, caso o ex-governador consiga registrar sua candidatura. E com isso Dourados vai se firmando cada vez mais como a terra dos vices e dos suplentes. Pelo menos até que Geraldo Resende consiga suplantar Marcelo Migliolli na corrida pelo Senado entre os tucanos.

21/05/2018 as 14:51

Valdemiro douradense

“Feche seus olhos, imagine você entregando seus problemas e medos a Deus; angústias. Coloque suas mãos como se estive entregando seus problemas a Ele. Pense no rosto de Deus (e por aí vai...). Não é um pastor em emissora evangélica. É a forma do vereador e radialista Marçal Filho agir diante do microfone de sua ‘94FM’, de Dourados”. A auspiciosa publicação, a respeito do novo ‘apóstolo’ douradense, é da coluna “De olho na TV”, de Reinaldo Rosa, do Campo Grande News.

21/05/2018 as 10:27

Eternas demandas

Colegas de escola em Ponta Porã quando adolescentes, os hoje colegas prefeitos Hélio Peluffo e Délia Razuk compartilham agora as eternas demandas nas escolas de seus municípios! Além dos sempre encarniçados sindicalistas ameaçando com greves a todo instante, no caso de Peluffo o movimento é insuflado por oposicionistas de ocasião, como o vereador-suplente Brunoí Reichardt (MDB), cujo pai, Bruno Reichardt, quando prefeito, chegou a ficar dez meses sem pagar professores.

20/05/2018 as 07:41

Caixão pesado

Se a coisa já não ia bem para André Puccinelli, com seu estafe na cadeia, imagina agora com Henrique Meirelles em seu palanque. E o que é pior, trazido por Carlos Marun. O ex-ministro da Fazenda posando de candidato a presidente da República pelo MDB, apoiado pelo chefe Michel Temer, encalacrado em denúncias de corrupção e presidente mais impopular da história. E olha que Marun só não trouxe seu ídolo Eduardo Cunha porque ele está atrás das grades.

18/05/2018 as 15:51

Ops!

De “namoro” com André Puccinelli, segundo confissão (não tão) íntima do ex-governador; cotadíssimo para ser candidato a vice de Reinaldo Azambuja, mas, por sua vez, insinuando-se como candidato a governador ao anunciar que “a política não se move no Estado enquanto o DEM não se decidir”, Murilo Zauith embola o jogo de novo. Agora, repercutindo em sua página no Facebook as obviedades do juiz aposentado Odilon de Oliveira quanto a um possível apoio ao projeto pedetista.

18/05/2018 as 09:01

Uau!

“Em caso de interesse democrata, o nosso partido está de braços abertos para alianças nas urnas. Se o DEM quiser somar com a gente não há impedimento nenhum, desde que seja com boas intenções”. Declaração “bombástica” do pré-candidato a governador, juiz aposentado Odilon de Oliveira, em sua passagem por Dourados, sede do segundo colégio eleitoral do estado, cuja liderança maior, o demo Murilo Zauith, também está com a candidatura colocada.

17/05/2018 as 08:54

Caçula insubordinado

Quando diz que seu partido, o PSD, não é irmão do PTB, de seu irmão Nelsinho Trad, o caçula dos Trad, Marquinhos, deixa bem claro porque se elegeu prefeito de Campo Grande, enquanto que lá atrás o irmão mais velho não conseguiu se eleger governador. É que Marquinhos é do tipo “insubordinado”, desses que não comem na mão de caciques, ou seja, tem identidade e luz próprias. Enquanto isso, Nelsinho aguarda ordens, agora do Azambuja, para se viabilizar candidato ao Senado.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 - 36
 

Canais

Valfrido Silva
Artigos
Geral
Entrevistas
Roda do Tempo
Bastidores

Expediente

Contato
Anuncie