Bastidores

16/01/2019 as 09:43

Gota d'água

Desgraça pouca é bobagem. Nem bem refeita da “pneumonia” contraída depois de difícil conversa com o ex-secretário João Fava, ao relento, no curto intervalo em que o consogro buscava ar puro, antes do retorno à cadeia, e no momento em que cata à laço 'voluntários' para substituir secretários que precisou demitir, para evitar o cadafalso, agora a nomeação de Waltinho Carneiro para a Sanesul. Pode ser a última queda-de-braço da prefeita Délia Razuk com o establishment.

15/01/2019 as 08:55

Beco sem saída

A situação da prefeita Délia Razuk, que já era difícil, fica praticamente insustentável com o retorno de seu ex-secretário de Fazenda João Fava à cadeia. O desembargador Gonzaga Marques, que mandou prender (de novo) o consogro do casal Razuk, alerta para o desvio de milhões dos cofres públicos e pede o aprofundamento das investigações. Não deve sobrar pedra sobre pedra. Um assessor de gabinete define o ambiente na prefeitura como de um velório.

14/01/2019 as 07:41

Negócio da China

Estranha, para dizer o mínimo, a viagem de Soraya Thronick e de Tio Trutis, senadora e deputado federal bolsonarianos, eleitos mas ainda não empossados, à China, a convite do governo daquele país. Normalmente este tipo de convite é para missões oficiais, e o nome diz tudo. Além de estarem no exercício do cargo, os parlamentares precisam integrar alguma Comissão e da autorização do plenário da Casa a que pertençam. Negócios ou passeio? Em troca do quê? Aí é que mora o perigo!

11/01/2019 as 16:12

Olhos de lince

Um dos homens do presidente Bolsonaro em Mato Grosso do Sul, Rodolfo Nogueira fez o que outros douradenses não fizeram – e se arrependeram – depois de atingirem uma certa altura em seus voos na política. Não criou problemas com a senadora eleita Soraya Thronicke (de quem é primeiro-suplente) por causa da presidência do PSL, o partido do chefe, e se mudou de mala e cuia para Campo Grande. Segundo o jornalista Carlos Voges, de olho nas eleições do ano que vem.

10/01/2019 as 07:54

Voluntarismo?

O engenheiro campo-grandense Valdemir Barbosa de Vasconcelos é a bola da vez para assumir a sempre cobiçada e rentável secretaria de Obras da prefeitura de Dourados. Vasconcelos já exerceu o cargo durante a administração Luiz Antônio Álvares Gonçalves. Para ele, um dos profissionais mais conceituados do estado, retornar, depois de 30 anos, só mesmo com uma proposta 'daquelas'. Mais uma bucha para Délia Razuk, como se não bastassem outras demandas da mesma natureza.

09/01/2019 as 08:39

A esmo

O vácuo político de todo começo de ano deixa alguns articulistas meio desnorteados. Daí saírem atirando para tudo quanto é canto, na ânsia da audiência fácil. A menos que a prefeita Délia Razuk tenha endoidecido de vez, a ponto de recorrer ao encrencadíssimo Zé Teixeira em busca da governabilidade perdida e, pior, da parte do deputado, que tenha refletido sobre as ameaças que fez a Alan Guedes pela “traição” ao se eleger presidente da Câmara com apoio de Murilo Zauith.

08/01/2019 as 17:31

Viés petista

Com o presidente Bolsonaro falando a todo instante em viés ideológico, não tem como não notar o pendor petista do criador da logomarca do IPTU 2019 da prefeitura comandada pela republicana Délia Razuk. É bater o olho e ver um ‘PT’ em meio a traços que fazem a imaginação do contribuinte ir do que poderia ser um Anel Viário circundando a “metrópole” ao côncavo e ao convexo das cúpulas do Congresso Nacional. Nada mal, para quem está há um ano sem agência de publicidade.

08/01/2019 as 06:55

Achegando-se

Depois de dizer, durante a campanha eleitoral, que Jair Bolsonaro não tinha condições de governar nem a cidade de Jaraguari, o deputado Dagoberto Nogueira começa a mudar de ideia. Já admite que o novo presidente não terá problemas em governar, pelo menos nos primeiros seis meses. Mas, notável adepto do toma lá, dá cá, adianta que tudo vai depender da conversa com os partidos, garantindo que o seu, o PDT, por ele visto como de esquerda, não vai fazer oposição raivosa.

05/01/2019 as 08:40

Bonde andando

“A semana termina com as primeiras perplexidades do novo governo. E sobraram perplexidades. A começar pela farra dos suplentes assumindo 30 dias de mandato em pleno recesso, passando pelas lições de figurino infantil da ministra, chegando ao anúncio e desanúncio de medidas econômicas”. Guilherme Filho, jornalista das antigas, com a visão privilegiada de quem sempre viu governos por dentro, tentando recomeçar, no Face, depois da desgraceira que abateu o chefe André Puccinelli.

04/01/2019 as 15:38

Xerifona

“Retransmissoras de TVs seguem como trampolim para quem deseja atingir objetivos pessoais. A partir desta segunda-feira, às 17h50, a TVi abre espaço para Keliana Fernandes à frente do ‘Brasil Urgente’, segunda edição. Com tiques policialescos do baixo clero da audiência”. Da coluna “De olho na TV”, do jornalista Reinaldo Rosa, no Campo Grande News. Será que vai ter um link da TV Interativa para um “alô você” especial ao plenário da Assembleia Legislativa?

1 2 3 4 5 6 7 8 9 - 37
 

Canais

Valfrido Silva
Artigos
Geral
Entrevistas
Roda do Tempo
Bastidores

Expediente

Contato
Anuncie